Índice de performance nas Redes Sociais

Ranking 18.02.2021 período analisado: de 09 a 15.02.2021

Com experiência de jornalista, deputado Paulo Martins é destaque no FSBinfluênciaCongresso

40. GENERAL GIRAO (PSL - RN)

O deputado GENERAL GIRAO subiu 14 posições em relação à semana anterior e ocupa agora o 40º lugar do FSBinfluênciaCongresso, divulgado nesta quarta-feira.

Seu Índice Individual foi de 136.05, com alta de 36.05 p.p em relação ao desempenho médio do próprio parlamentar.

20 deputados mais influentes nas redes
1. CARLA ZAMBELLI - PSL (SP) 0
2. EDUARDO BOLSONARO - PSL (SP) 0
3. BIA KICIS - PSL (DF) 1
4. ANDRE JANONES - AVANTE (MG) -1
5. CARLOS JORDY - PSL (RJ) 0
6. FILIPE BARROS - PSL (PR) 0
7. MARCELO FREIXO - PSOL (RJ) 1
8. GLEISI HOFFMANN - PT (PR) 2
9. PAULO EDUARDO MARTINS - PSC (PR) 9
10. KIM KATAGUIRI - DEM (SP) -3
11. PR. MARCO FELICIANO - REPUBLICANOS (SP) -2
12. JANDIRA FEGHALI - PCdoB (RJ) -1
13. DANIEL SILVEIRA - PSL (RJ) -1
14. ARTHUR LIRA - PP (AL) 0
15. HELIO LOPES - PSL (RJ) 1
16. JOSE MEDEIROS - PODEMOS (MT) -1
17. PAULO PIMENTA - PT (RS) 4
18. JOICE HASSELMANN - PSL (SP) 1
19. DAVID MIRANDA - PSOL (RJ) -2
20. SARGENTO FAHUR - PSD (PR) -7
Síntese do ranking

A ascensão do deputado Paulo Eduardo Martins (PSC-PR) no ranking FSBinfluênciaCongresso é o destaque da semana entre 09 e 15 de fevereiro. Os posts diários variados, inclusive sobre temas como o programa de TV Big Brother Brasil, ajudaram o parlamentar a saltar nove posições e atingir o 9º lugar. O deputado, que tem como profissão o jornalismo, é nome constante no levantamento, que lista os 20 integrantes da Câmara dos Deputados mais influentes nas redes sociais.

O deputado Paulo Pimenta (PT-RS) também teve bom desempenho nos últimos dias. Ele subiu quatro colocações e voltou ao ranking em 17º, após deixar o pelotão de frente na semana anterior. Já a pior atuação foi do Sargento Fahur, que caiu sete lugares e estacionou em 20º. Outro parlamentar que perdeu três posições e ficou em 10º foi Kim Kataguiri (DEM-SP), presença frequente no levantamento.

Nos primeiros lugares, a principal movimentação foi da deputada Bia Kicis (PSL-DF), cotada para presidir a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Ela recuperou o 3º lugar, posição que costuma ocupar, ao tirar do posto André Janones (Avante-MG), que caiu para 4º. Os líderes do ranking continuam a ser Carla Zambelli, em 1º, e Eduardo Bolsonaro, em 2º, ambos do PSL de São Paulo. O partido domina o FSBinfluênciaCongresso, com oito integrantes.

Metodologia:

O índice FSBinfluênciaCongresso é calculado levando-se em consideração o número de seguidores, o alcance, os posts, a eficiência, as interações e o engajamento registrados no Facebook, no Instagram e no Twitter durante o período de análise. A fórmula utilizada no cálculo da nota do parlamentar atribui pesos diferentes a cada critério e a cada rede social.

Além da posição no ranking, comparamos a performance do parlamentar em relação ao seu próprio histórico pessoal nas redes. Para isso, o FSBinfluênciaCongresso monitorou os senadores de janeiro a agosto de 2021 e calculou seu desempenho médio neste período, atribuindo a esse desempenho uma nota base=100. Sendo assim, toda vez que o parlamentar atingir um Índice Individual superior a 100, significa dizer que ele melhorou seu próprio desempenho, e vice-versa.

Além da posição no ranking, comparamos a performance do parlamentar em relação ao seu próprio histórico pessoal nas redes. Para isso, o FSBinfluênciaCongresso monitorou os senadores de janeiro a agosto de 2021 e calculou seu desempenho médio neste período, atribuindo a esse desempenho uma nota base=100. Sendo assim, toda vez que o parlamentar atingir um Índice Individual superior a 100, significa dizer que ele melhorou seu próprio desempenho, e vice-versa.

Mais informações: (61) 99243-9205