Índice de performance nas Redes Sociais

Ranking 24.02.2021 período analisado: de 16 a 22.02.2021

Prisão de deputado aumenta influência de colegas do PSL nas redes sociais

20 deputados mais influentes nas redes
1. CARLA ZAMBELLI - PSL (SP) 0
2. CARLOS JORDY - PSL (RJ) 3
3. BIA KICIS - PSL (DF) 0
4. FILIPE BARROS - PSL (PR) 2
5. EDUARDO BOLSONARO - PSL (SP) -3
6. JANDIRA FEGHALI - PCdoB (RJ) 6
7. OTONI DE PAULA - PSC (RJ) 19
8. ANDRE JANONES - AVANTE (MG) -4
9. MARCELO FREIXO - PSOL (RJ) -2
10. GLEISI HOFFMANN - PT (PR) -2
11. PR. MARCO FELICIANO - REPUBLICANOS (SP) 0
12. KIM KATAGUIRI - DEM (SP) -2
13. JOSE MEDEIROS - PODEMOS (MT) 3
14. MARCEL VAN HATTEM - NOVO (RS) 19
15. PAULO EDUARDO MARTINS - PSC (PR) -6
16. SARGENTO FAHUR - PSD (PR) 4
17. LUIZ PHILIPPE DE ORLEANS E BRAGANCA - PSL (SP) 22
18. DAVID MIRANDA - PSOL (RJ) 1
19. SAMIA BOMFIM - PSOL (SP) 3
20. TULIO GADELHA - PDT (PE) 15
Síntese do ranking

As críticas a prisão de parlamentares e a medidas de isolamento social fizeram o deputado Luiz Phillipe de Orleans e Bragança (PSL-SP) avançar 22 posições no ranking FSBinfluênciaCongresso entre 16 e 22 fevereiro. Ele alcançou o 17º lugar na lista dos 20 nomes mais influentes da Câmara dos Deputados nas redes sociais. O parlamentar costuma ter alto engajamento em seus posts, mas, nos últimos dias, chegou a obter 47,9 mil curtidas e 4,4 mil comentários em publicação na qual aplaudiu os 130 parlamentares que votaram para tirar o colega Daniel Silveira (PSL-RJ) da cadeia.

Desempenho semelhante tiveram Otoni de Paula (PSC-RJ) e Marcel Van Hattem (Novo-RS), que subiram 19 colocações. Ambos também condenaram a prisão de Silveira decretada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) por ofensas aos ministros da Corte e por fazer apologia do ato da ditadura militar AI-5. O parlamentar do Rio Janeiro saiu da 26ª para a 7ª posição após intensa postagem sobre o tema, enquanto o gaúcho, que estava em 33º, alcançou o 14º lugar.

O debate sobre a prisão de parlamentares também é um dos principais temas das redes sociais do deputado Carlos Jordy (PSL-RJ), que chegou à 2ª posição. Colega de partido e de bancada de Silveira, ele é um dos nomes que enfrenta processo no Conselho de Ética movido pelo presidente do seu partido. Carla Zambelli (PSL-SP) continua em 1º lugar no ranking e Bia Kicis (PSL-DF) mantém o 3º. O PSL ocupa as cinco primeiras colocações da lista e permanece na liderança entre os partidos, com mais integrantes no FSBinfluênciaCongresso.

Metodologia:

O índice FSBinfluênciaCongresso é calculado levando-se em consideração o número de seguidores, o alcance, os posts, a eficiência, as interações e o engajamento registrados no Facebook, no Instagram e no Twitter durante o período de análise. A fórmula utilizada no cálculo da nota do parlamentar atribui pesos diferentes a cada critério e a cada rede social.

Além da posição no ranking, comparamos a performance do parlamentar em relação ao seu próprio histórico pessoal nas redes. Para isso, o FSBinfluênciaCongresso monitorou os senadores de janeiro a maio de 2021 e calculou seu desempenho médio neste período, atribuindo a esse desempenho uma nota base=100. Sendo assim, toda vez que o parlamentar atingir um Índice Individual superior a 100, significa dizer que ele melhorou seu próprio desempenho, e vice-versa.

Além da posição no ranking, comparamos a performance do parlamentar em relação ao seu próprio histórico pessoal nas redes. Para isso, o FSBinfluênciaCongresso monitorou os senadores de janeiro a maio de 2021 e calculou seu desempenho médio neste período, atribuindo a esse desempenho uma nota base=100. Sendo assim, toda vez que o parlamentar atingir um Índice Individual superior a 100, significa dizer que ele melhorou seu próprio desempenho, e vice-versa.

Mais informações: (61) 99243-9205