Índice de performance nas Redes Sociais

Ranking 01.07.2020 período analisado: de 23 a 29.06.2020

Deputados governistas seguem dando as cartas no ranking FSBinfluênciaCongresso

20 deputados mais influentes nas redes
1. CARLA ZAMBELLI - PSL (SP) 0
2. EDUARDO BOLSONARO - PSL (SP) 0
3. BIA KICIS - PSL (DF) 0
4. ANDRE JANONES - AVANTE (MG) 3
5. CARLOS JORDY - PSL (RJ) 6
6. MARCELO FREIXO - PSOL (RJ) -1
7. FILIPE BARROS - PSL (PR) 1
8. KIM KATAGUIRI - DEM (SP) 5
9. JOICE HASSELMANN - PSL (SP) -5
10. PR. MARCO FELICIANO - REPUBLICANOS (SP) 4
11. HELIO LOPES - PSL (RJ) 11
12. JANDIRA FEGHALI - PCdoB (RJ) -6
13. GLEISI HOFFMANN - PT (PR) 2
14. PAULO EDUARDO MARTINS - PSC (PR) 7
15. OTONI DE PAULA - PSC (RJ) 2
16. SARGENTO FAHUR - PSD (PR) 2
17. JOSE MEDEIROS - PODEMOS (MT) -7
18. DANIEL SILVEIRA - PSL (RJ) 9
19. DAVID MIRANDA - PSOL (RJ) 1
20. TULIO GADELHA - PDT (PE) 15
Síntese do ranking

O ranking FSBinfluênciaCongresso permanece estável entre os deputados. A hegemonia segue nas mãos dos parlamentares governistas, que contam com 13 dos 20 melhores colocados. O PSL conta com oito dos 20 deputados, com a ressalva de que Joice Hasselmann (SP) é filiada à legenda, mas é desafeta da cúpula do governo.

Dois parlamentares também tiveram uma movimentação interessante: o deputado Hélio Lopes (PSL-RJ) subiu 11 posições, ocupando o 11º lugar, e o deputado Túlio Gadelha (PDT-PE), em 20º lugar, 15 posições à frente em relação ao levantamento anterior.

Entre os 10 primeiros deputados mais influentes nas redes sociais, valem menção o deputado Carlos Jordy (PSL-RJ), que está em quinto lugar, após avançar seis posições, e o deputado Kim Kataguiri (DEM-SP), que aparece em oitavo lugar, cinco posições à frente do ranking passado.

Metodologia:

O índice FSBinfluênciaCongresso é calculado levando-se em consideração o número de seguidores, o alcance, os posts, a eficiência, as interações e o engajamento registrados no Facebook, no Instagram e no Twitter durante o período de análise. A fórmula utilizada no cálculo da nota do parlamentar atribui pesos diferentes a cada critério e a cada rede social.

Além da posição no ranking, comparamos a performance do parlamentar em relação ao seu próprio histórico pessoal nas redes. Para isso, o FSBinfluênciaCongresso monitorou os senadores de fevereiro a junho de 2020 e calculou seu desempenho médio neste período, atribuindo a esse desempenho uma nota base=100. Sendo assim, toda vez que o parlamentar atingir um Índice Individual superior a 100, significa dizer que ele melhorou seu próprio desempenho, e vice-versa.

Mais informações: (61) 99243-9205